Páginas

quarta-feira, abril 23, 2014

DAS DESVANTAGENS DA (MINHA) VIDA SEXUAL DE ESCRITORA



As mais recorrentes: 
O cara espera que, depois do sexo, você escreva sobre o desempenho dele. 

O cara teme que, depois do sexo, você escreva sobre o desempenho dele. 

O cara morre de medo que, depois do sexo, você não se manifeste de maneira alguma sobre o desempenho dele. 

O cara sente calafrios ao imaginar que, depois do sexo, você escreva sobre o desempenho de alguém que considerou ser melhor que ele.

O cara tem certeza que, qualquer poema erótico seu é uma alusão ao sexo que vocês fizeram ou um convite para.

O cara até te deseja, mas acha que você não é uma pessoa e que a experiência sexual será com uma poesia.

O cara até te deseja, mas acha que você come todos os seus seguidores e amigos e leitores da sua fanpage e que jamais terá tempo para ele.

O cara até te deseja e, além disso, acha que você come todos os seus seguidores e amigos e leitores da sua fanpage, portanto, fará sexo também com ele.

O cara até te deseja, mas acha que você dorme, acorda e come escrevendo, portanto tem uma vida sexual nula.

O cara até te deseja, mas acha que se ele não tiver lido os consagrados da literatura jamais terá chances de ter sexo com você.

O cara te deseja, te idealiza, e te cerca com juras de um amor que ele tem certeza que vem de outras vidas e que ele só percebeu isso quando leu “aquele” seu texto que a amiga compartilhou.

O cara não quer, realmente, ter sexo com você, ele quer dizer que te comeu.

O cara acha que, depois de ter sexo com você será o seu poema fatal.

O cara acha que, depois de algumas noites de sexo com você, ele será o primeiro nome dos agradecimentos do seu livro.

O cara acha que você é fake, portanto, jamais fará sexo com um avatar que escreve.

O cara não acha nada. Nem percebe que você quer fazer sexo com ele: acha que aquela sua investida inbox é só uma maneira de testar o seu poder de sedução.

O cara te reconhece como pessoa, já leu todos os teus poemas eróticos, já viu todos os teus ensaios nus e, finalmente, vai fazer sexo com você. Mas ele te espera de espartilho preto e cinta-liga, e você aparece com uma calcinha branca de algodão e um sutiã de outra cor...


Marla de Queiroz

9 comentários:

Jason Jr. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alma de Poeta disse...

Amei ler dois de seus textos. Este compartilhei no g+ pois é bem isso que disse.
Conheci seu blog pelo espaço de amigo seguidor e seguido no g+

Mariana Penna disse...

Hahahaha, seria cômico se não fosse trágico.

Um beijo!

Cássia Valéria disse...

'Quase' plageando um comentário daqui: Seria trágico, se não fosse cômico!rs...

Ana Paula Costa disse...

huahauhua show Marla!

Josy Lima disse...

Realmente, Marla a maioria dos homens pensam assim !!!! Amei sei texto.

Maira Penteado disse...

muito bommm

Thais Rodrigues disse...

Gente, adorei, hahahahaha. Eu como uma moça séria, tenho esse mesmo problema.
Vida difícil.
:/

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Que sinuca a nossa....
O ideal é ser competente.... se ela aprovar, estar à disposição para várias vezes....
Beijos...
Delícia vir aqui!!!