Páginas

segunda-feira, agosto 06, 2012

Inadequação



Percebi que, na maioria das vezes em que sofro, é por causa de uma sensação de inadequação. É como se eu não conseguisse cuidar direito da minha vida, do meu mundo, da minha rotina, de mim mesma. E passo o dia esperando que chova ou faça sol porque pode ser “culpa” do cenário que não está combinando com o meu estado de espírito naquele momento. Tolice... Logo amanhece e fica tão claro que o Universo não tem absolutamente razão ou possibilidade alguma de se adequar a mim. Eu tenho que me adequar às mudanças constantes_ enormes, bruscas ou sutis e pequenas_ mas sempre relevantes, contínuas.
Hoje eu acordei mais adequada, excentricamente adequada. E passei o dia me divertindo com a minha exuberância emocional. E leve, leve, porque tudo é tão breve. E o dia acabou, e no sábado fez sol, e no domingo choveu e a segunda-feira, para muitos, foi mais um dia preguiçoso, e para mim, uma semana em branco começando. Tudo tão irresistível, dias versáteis com calor e frio e a possibilidade de mudar de figurino para me adequar ao cenário.
Hoje eu senti muito amor pelas coisas, pelas pessoas. E senti saudades sem apegos, eu estava inteira no meu dia. Percebi que sofro, quando me doo em fragmentos, desalinhada, em conta-gotas. Quando não existe entrega no que faço, uma parte de mim fica em algum lugar desconhecido e eu perco muito tempo em busca dessa parte. Quando eu me desconecto da fé e da confiança na vida, eu sinto medo de existir. Por isso, quando sofro, eu me investigo. Porque o sofrimento, definitivamente, sente-se inadequado em quem aprendeu a gargalhar com o corpo todo.

Marla de Queiroz 

P.S.: Amores, estou concorrendo ao TOP BLOG 2012. Este selindo dourado ali no canto direito é para os que gostam deste lugarzinho aqui votarem nele. Fiquem à vontade, é só clicar no selo! Beijos!

6 comentários:

V. Daniela disse...

tenho um concurso a decorrer no meu blogue, e tenho a certeza que te irias sair muito bem, participa ;)

Ricardo disse...

como sempre texto maravilhoso, cheio de verdades colocadas da maneira mais linda que se pode ver.
Marla Já Votei no Top Blog !

Mariana Penna disse...

Marla querida, amei a foto.

Bjus de boa noite!!

AquilesMarchel disse...

te leio e lembro que recebi sms seu rs
diva

sem apegos eu estou inteiro

Scarlat Assunção disse...

Sou tua fã! ♥ E isso é sérissimooo! Escreves de uma forma tão encantadora e bonita! Fico feliz quando te leio ♥

J.F. de Souza disse...

Isso me fez olhar um pouco mais pra mim, nesse momento.
Tenho o hábito de, quando sofro, buscar o que me faz sofrer para, então, poder entender, saber como lidar, tentar garantir que evitarei esse sofrer de novo... Enfim.
Mas não havia parado para refletir sobre o "não se entregar por inteiro"...
Obrigado por dizer-me algo que eu deveria saber, mas não tinha dado conta ainda. =)