Páginas

quarta-feira, março 21, 2012

Você sabe...


 Desenho: Kurt Halsey


Você sabe tanto quanto eu não gostaria_ sabe que eu me apaixono quando alguém me inspira poesia e que me enrosco toda pra dormir abraçada porque sinto frio o tempo inteiro. Você sabe que fico amolecida no fim da tarde, que fotografo muros grafitados e subo em árvores, que ainda escrevo cartas manuscritas porque acho letra de gente erótica e mais bonita. Você sabe quando estou acompanhada e com o pensamento ausente. Quando a imaginação já mudou o rumo da prosa, quando o farfalhar das folhas ao vento suprimiram o estampido do teu jazz em meus ouvidos. Você sabe que adoro quando beijas meu umbigo. Você sabe também que só sei cumprimentar amigo com abraço apertado, que beijo na boca quem não é namorado, que tenho algumas exuberâncias de artista, mas que não sou promíscua. Você sabe que eu tenho lá meu lado reservado e convencional, que todo ano eu consulto o trânsito do meu mapa astral e que faço orações todos os dias antes de dormir e quando acordo: minha mão entrelaçada na sua para que seu corpo receba a energia dessa doce sintonia. Você sabe mais do que eu gostaria_ que eu amanheço antes do dia para não ter sobressaltos com o despertador, que eu subo pelas escadas porque detesto esperar o elevador. Sabe que eu planto margaridas, mas presenteio com girassóis e que mergulho, munida no mar, com as bênçãos dos meus Orixás. Que tomo sol aos litros, no gargalo para alimentar o meu plexo solar. Você sabe além do que eu gostaria... Que na sinopse desse romance, você é o motivo de tanta alegria.
*
*
Marla de Queiroz

8 comentários:

Paolla Milnyczul disse...

Maravilhoso!!!!

Paolla

http://licordeamora.blogspot.com

Claudia Cristina Tonelli disse...

Que lindo!!! Que linda!!!

Suu Munizz disse...

Nossa,isso é pura perfeição!
E que amor e poesia saibam sempre olhar a quem ama com afeição!
Abraço e um lindo final de semana,=)

Gecildo Queiroz disse...

Isto me pegou pela mão e fez festa em
meu baú de poesia. Grato estou.

Crisneive Silveira disse...

Exuberante.

AquilesMarchel disse...

otimo marla otimo

falar de amor sem ficar enfadonho é pra poucos

Monalisa Macêdo. disse...

Que LINDEZA, Marla!
Encantador..
' Você sabe- ou deveria saber- que tuas palavras inspiram, são fonte de (boas) energias. revitalizam!

Cachinhos Tostados disse...

Dentro de mim mora uma criança um pouco preguiçosa. Uma criança que antes de ler um texto procura as figuras e fica imaginando o que aquele monte de palavras quer dizer sobre o desenho que vejo, mas quase nunca acerto. Mas a minha criança gosta de ler seus textos, com figuras e com poesia. A adolescente que mora com minha criança gosta muito dos seus textos, a lágrima dessa adolescente sempre é engolida pelo seu sorriso ao ver que tudo na vida, seja post, encontros, relacionamentos, tudo começa e termina em amor. Diferentes amores. Mas todos amores.
Minha adolescente acha que esse comentário está um pouco bagunçado e a minha criança está querendo achar mais imagens. Beijo. E até mais.