Páginas

quarta-feira, março 07, 2012

Tanta coisa...

Desenho: Kurt Halsey

E se, de repente, a melancolia quiser me fazer companhia? Isto faz parte da vida e nem é a parte mais importante. Eu posso lidar com todas estas emoções desde que aprendi a identificá-las e me aprofundar nelas sem que isto me doa, mas que me humanize, me torne mais humilde e me aprimore para que eu seja uma pessoa boa.
E se, de repente, eu tivesse planejado um dia de absoluta alegria?
Ótima oport
unidade para aprender que não tenho o controle de nada e que sentimentos surgem, às vezes, sem motivo, sem rosto, sem réus, sem antecipar suas pegadas.
Então, nestes instantes, me resta observar, já que me permito mergulhar nos extremos para só depois fazer minhas escolhas. Eu não temo a vida, eu a tenho em mim: vibrando, pulsante, uns dias destemperada, em outros dias picante.
O que me importa é sentir meu coração bater por todo o corpo. E poder fechar os olhos se sentir saudades, ou abri-los bem para a sempre nova rotina chamada realidade. Eu não quero nada além do que mereço: caminhar serena dentro do meu poema, respeitar todo e quaisquer momentos, saber utilizar meus aprendizados, amar e ser amada quando for meu tempo.
Sei que passam a saudade e a tristeza e o entusiasmo que vivem comigo. Por isso, faço do transitório meus amigo.
O que a vida exige de mim é constante aceitação e mudança_ para que eu continue sendo merecedora da minha Boa Sorte e valorize a cada dia mais a Esperança.
*
Marla de Queiroz
 

9 comentários:

Nara Sales disse...

Belíssimo texto, rico nas inspirações mais simples!

Belo dia, moça.

Sobre o Blog disse...

Muito lindo!
http://raposafrancesa.blogspot.com/

Samara Bassi disse...

Venho deixar um abraço imenso e retribuir o carinho, seja por tantos anos, ou por alguns dias. Mas principalmente, pela troca e bonitezas que surgem e dos amigos que conquistamos e que no fundo, no fundo, não são tão virtuais assim...

Tem um presente pra você aqui: http://samarabassi.blogspot.com/2012/03/vasto-coracao.html

Espero que se sinta num abraço e que goste.
Deixo o meu carinho,
Sam.

Eduarda disse...

Muito lindo !

http://siga-borboletas.blogspot.com

Glaucia Policarpo disse...

Tu és poeta!!!
Intrigante!

Glaucia Policarpo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Glaucia Policarpo disse...

Tu és poeta!!!
Intrigante!

Helena disse...

Muito inspirador seu texto!!! Seguindo-te!! Beijos!

placco araujo disse...

Sem desmerecer os demais... acho este um dos seus textos mais bonitos, moça da blusa cor de rosa!