Páginas

terça-feira, novembro 01, 2011

Dança


Desenho: Kurt Halsey

Atravesso a sala, ele me atrai versos. Não são apenas suas mãos que me conduzem, nem seus pés, mas seus olhos, sua pele quente, seus inversos. Ele é conduzido pela alça caída do meu vestido, minhas costas nuas, minha cintura envolta que não deixa que eu recue.Eu respiro fundo pra trazer mais fôlego, damos voltas, ele me aperta. Nossos corpos musicalizados.E o meu vestido mais curto,o corpo inclinado. E ele quase me beija, mas me possuindo daquele jeito meio manso, muito macho, cheio de força e delicadeza, decidido e sem sentimentalismo barato, apenas me olha bem perto. Desperto. Sinto-me vestida de vermelho e babados. Mas estou de camisola branca... presa no cativeiro dos seus braços. Seios que insinuam desejo. Ele finge que não repara, mas suas mãos invadem minhas coxas descobrem a umidade do que será permitido ou suplicado. E me diz no ouvido: saudade. E eu não respondo, mas meu corpo nu. Minha camisola muda a cor da luz do abajur. Atravesso a música, ele me atrai versos, e eu erro o passo, ele me traz para mais perto. Atravesso o corredor da casa, ele me atrai versos e me diz no ouvido uma frase_ um substantivo sem verbo: saudade. Atravessados na cama, ele me atrai versos e me diz no ouvido de um jeito sacana: saudade. Mas me falta o verbo. Atravessa o meu corpo, ele me atrai versos e eu digo sem jeito em seu ouvido: não quero. Atravesso a sanidade, ele trai os meus verbos e me induz a mudar de ideia quando digo: saudade. Eu quero.

*

*

*

Marla de Queiroz

P.S. Livro FLORES DE DENTRO, e-mail para marlegria@gmail.com.

GRATA!

11 comentários:

De Toledo disse...

Maravilhoso como as palavras tomam um sentido total através das suas criações.. Você é completa!
Beijos
Dê Toledo

Ana Paula Calixto disse...

Lindo... como SEMPRE! ;)

Beijos, amora!

Anônimo disse...

Excelente texto, mas coxas são com "x". Seu talento é brilhante, mas eventuais erros de português, às vezes, acabam chamando a atenção.

Marla de Queiroz disse...

Anônimo, obrigada! Já corrigi.....errei feio....até se fosse coberta, teria de ser colchas....rsrsrsrrsrs.
Beijos!

Anônimo disse...

Incrível anonimo, não consigo entender como uma pessoa depois de ler um texto desse ainda consegue achar um erro de português???? Ele se tornar como uma formiga no meio do oceano atlântico!!! kkk

Marla de Queiroz disse...

Amores, a correção foi importantíssima! Imagina esse texto sendo divulgado por aí com este erro de português! Eu me tornaria detestada pela gramática normativa...só aceita licenças poéticas, a linguística...

beijos!

Vanessa_Oliveira disse...

Doce Marla ^^
lindo -lindo
beijos ***

léo pimentel (amante da heresia) disse...

MARLA!!! NÃO ACREDITO!!! o acaso me trouxe até aqui! o aroma de tuas palavras! sim, vc sempre esteve certa. e este texto então? hum... somente a dança é a prova de qualquer verdade! em nosso caso, saudosa dança. sim, "(...): saudade. eu quero." ah! marla, sabe quem sou eu? um velho amigo ex-filósofo de brasília, agora herege de qualquer lugar: léo pimentel! para refrescar a memória dê uma passadinha em minhas heresias: http://amantedaheresia.blogspot.com. que alegria te encontrar por estas bandas. estou maravilhado. temos muitas conversas para jogar fora. beijos.

Bruna dos Anjos disse...

Curti seu blog
estou seguindo :)
se curti segue tbm:
http://enredodeideias.blogspot.com/

juliana k disse...

palmas! muitas! todas!

:)

spellofthemoon disse...

Lindo, maravilhoso!