Páginas

segunda-feira, outubro 03, 2011

Chá das nove

Foto: Filipe Cabaco
Pra você, moço travesso...

Tenho me acostumado a receber o seu “bom dia” na hora mais sonolenta do meu café-da-manhã e a acordar definitivamente quando gargalho só porque você achou a minha história matinal bonita. Tenho me acostumado a rir muito mais de mim mesma porque você me acha engraçada e a sair mais enfeitada porque mesmo sabendo que não, tenho a impressão de que você me vê andando por aí, escutando sempre as mesmas músicas, no mesmo horário de sempre, mudando apenas os caminhos. Tenho me acostumado às mensagens ao longo do dia, aos seus mimos, a você sendo meu ouvinte passivo e sempre tão assertivo nas suas opiniões. Gosto dos seus cuidados e do respeito que você tem pelo meu lado mais maduro. Mas eu sei que você adora minhas molecagens e me espera à noite pra tomar chá comigo, talvez ansioso porque estou demorando um pouco mais. Secretamente, sem perceber, criamos nossos horários para promover e aproveitar mais os nossos encontros.

Tenho me acostumado a receber, eu que sempre dei até o que não tinha. E você me proporciona a vivência de um entusiasmo sem culpa. Antes eu achava que não era delicado estar tão feliz enquanto alguns sofriam. E por estas e tantas, tenho vontade de presentear você compartilhando um lado meu que talvez eu ainda não conheça, mas que você, com sua amorosidade, vem me ajudando a conhecer me dizendo com delicadeza detalhes sobre mim que eu nunca havia percebido_ tua sensibilidade é comovente. Gosto tanto da beleza que você me deu!Gosto do seu olhar atencioso e da sua maneira prática de me ajudar respeitando afetuosamente o meu tempo de resolver as coisas. Porque gasto muito tempo só sentindo, observando, contemplando, percebendo, mergulhando, vindo à tona e entregando as coisas pro Universo... Por isso, eu te peço: não tenha medo, eu não fujo do que é bom, eu aceito e agradeço...

(Tenho me acostumado a ter você por perto, por dentro, todos os dias, pra sempre... Hoje!)

Então, me espere para o chá das nove... Mesmo que eu me atrase um pouco.

*

*

Marla de Queiroz

P.S.: Votem no blog! O selinho tá ali no canto direito! GRATA SEMPRE!

14 comentários:

Delano Alexandria disse...

Que legal, gostei!

Beijosss

Obs:. Vota onde?

placco araujo disse...

Oh moça linda da blusa cor de rosa...
Se ajudei pelo menos a fazer brotar mais um texto seu, minha arte (de arteiro) já terá valido a pena...
Te gosto muito, viu?

Beijos ternos, de um amor por ora eterno...

Edson

Delano Alexandria disse...

Pronto!! Voto confirmado.

Vlw!!

lucass repetto disse...

''Porque gasto muito tempo só sentindo, observando, contemplando, percebendo, mergulhando, vindo à tona e entregando as coisas pro Universo...''


Acho linda a maneira como nos encontramos em outros, os outros na gente, os outros nos outros. Viva o sentimento!

Crisneive Silveira disse...

A maioria das pessoas tem medo do que lhe faz bem. Pensam tanto na possibilidade de acostumar-se a serem felizes que evitam por qualquer motivo q certamente vale menos do que nao viver esses momentos. Lindo.

JasonJr. disse...

Ela voltou! Radiante como sempre! :D :D :d Ótima semana mocinha!!!

Ana Lúcia Lira disse...

Marla! Que texto mais lindo!!
Sempre passo aqui, ansiosa por um novo texto, uma nova imersão no universo da composição das suas palavras! E saboreio com o maior prazer cada linha!
Um cordial abraço!
Sua fã!

Batalhadora disse...

Marla!Lindo,lino, mil vezes lindo.Parece que estamos numa sintonia de sentir e tu conseguiu externalizar tudo o que eu estou sentindo,mas que de modo algum consigo passar pro papel.
Beijosss

Cyทτiα ทσgυєirα ઇ‍ઉ disse...

AH que lindo!!

Como sempre, falando lá no fundo...

Saudades de suas palavras! Espero que eu não suma mais, e venha sempre...
beijos

Sue disse...

Que linnnndo! :)

olhar disse...

"Antes eu achava que não era delicado estar tão feliz enquanto alguns sofriam. "

Marla, meus parabéns por este seu blog...difinamente bem escrito!Passo a ser sua seguidora!

O que copiei acima entre aspas me atrapalhou por muitos anos, sabe...deixei muitas vezes de estar completamente feliz pelos outros que não estavam tanto...mas finalmente um dia consegui mudar...pois afinal, todos MERECEMOS esta tal FELICIDADE e devemos curtí-la ao máximo quando ela aparece em forte intensidade!

Um beijo com carinho,


Bia

Maguinha Oliveira disse...

felicidade assim se sente em cada molécula do nosso DNA. AMEI! xero, xero! ^^

Ruana Furtado disse...

Oláaa segue meus blogs também!
http://ruanacnfurtado.blogspot.com/
http://ruanafurtado.blogspot.com/
Beijinho, adorei os textos.

waseem babar disse...

This is the true POWER of the STIFORP tools. The challenge with so many home based business opportunities is that other than a corporate replicated website, many companies really don't have much of an