Páginas

segunda-feira, maio 30, 2011

Quando dói


Foto:Paulo Redondo


Não grite sua dor aos quatro ventos, procure ajuda. Não exponha demais suas mazelas, respeite seu luto e o silêncio que vem junto. A vida é cíclica e tudo faz sentido, mesmo que demore muito.E não deixe nunca de confiar no seu poder de superação: é a maior dádiva que a Vida nos deu. A melhor fase ainda virá, acredite. Fale do seu íntimo com as pessoas certas e não banalize sua “esquizofrenia”: ninguém precisa acordar e ir dormir com o mesmo humor. E se achar que está enlouquecendo, experimente a loucura, pode até ser divertido. O tédio do mundo está na falta de cor das pessoas aparentemente “normais”, mas ele também precisa delas para funcionar. Ninguém é tão feliz o tempo todo e a vida não é linear assim: cinismo é diferente de otimismo. Seja alguém de verdade. E se deixe tocar pelas coisas que se comunicam com você lá dentro. Se não encontrar amparo do outro, dê-se. Não queira que sintam pena de você: não sentimos pena de quem admiramos. Reflita, reflita, agasalhe-se de bons pensamentos, funciona em algum momento. E pare de falar mal dos outros: todo réu teve sua oportunidade dada pela “tal vítima”.

*

*

Marla de Queiroz

P.S.: Este texto nasceu por causa dos tantos e tantos e-mails de lamentações que tenho recebido. Sei que muitos escreveram porque perceberam que eu também estava fechando ciclos. Agradeço a confiança, mas adoraria que vocês (re)tomassem novamente a rédea dos teus destinos e determinassem um tempo pra esses lutos. Há vida demais lá fora....bora?

Obrigada por tudo e me ajudem no Top Blog VOTANDO no selinho ali no canto direito!!!!!!!

25 comentários:

Isabella disse...

Você é encantadora!! Raridade na vida ... obrigada por sem saber fazer parte dos meus dias!
Ahhh ... o seu livro, quero MUIIIIITO, como faz?
Beijos

Anônimo disse...

BORA!!! Eu não mandei email, mas postei mazelas no Facebook,... Adeus fase nebuloso... Marla amei o post. Obrigada,... você é uma bênção!

Pheuliz

Dani Almeida disse...

Bora... com certeza!

Incrível como as vezes achamos que só nós estamos em tal fase, sofrendo e chorando... Cada um com seu motivo!
Quanto egocentrismo... hehe.
Amei!

Anônimo disse...

Amor!!!! Vamos nós em-laços, sempre!!! Te amo, morro de saudades e como sempre, perfeitas palavras..muita força este texto têm...
sua, Borboleta Verde!!!

Bianca disse...

Adoooooooooooooooreii, leio o seu blog,da Lena.... sao maravilhosos...


Marla meu beeijoo...

Long Haired Lady disse...

fechar ciclos é sempre dificil, mas precisamos ver que todo fim é um novo começo.

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Você é perfeita com as palavas! Admito tanto, tanto.

Beijos

Laís disse...

Primeiramente devemos moldar o nosso ser para a auto estima! Para problemas futuros não ocorrerem! :D
moldando o nosso ser, não terá nada que possa te impedir de superar seus problemas sem segundos para te "ajudar".

Paula Fernandes disse...

Nossa como você disse paciência era o que precisa e pode ter certeza a espera compensou simplesmente maravilhoso!!!!

Aplausos para a inconsciência coletiva! As grandes obras literárias são realizadas coletivamente. A Odisséia e a Bíblia Sagrada são bons exemplos disso.A obra se revela dia a dia... disse...

ainda bem que a parte boa é maravilhosa!
Transforme e farte-se nisso tudo. Tua arte ainda arde. Gosto disso!
beijo
duduperere

dudu pererê disse...

Marla,o verbologue que tem lincado na sua página já não existe. dá uma olhada no meu novo e vê se vale.
www.verbologue.blogspot.com
critique!verbologue!

Nanda Assis disse...

conheci e amei.

bjosss...

Gabriela Guimarães Cavalcanti disse...

Vim por um acaso, belo acaso, belo trama o seu.

Juliêta Barbosa disse...

Marla,

Gosto do que diz Carpinejar: "Não irei me vingar com as cinzas, arrancar as folhas que não combinam comigo, ou que me provocaram decepções. Não serei visto queimando fotografias, cartas e paixões numa lata de lixo, apenas porque não me servem mais. O que namorei vai me enamorar a vida inteira. Estará lá numa página definida, permanente, com a letra segurando as linhas".

É assim que eu vejo, também, os amores que tão ternamente colocaste em palavras.
Obrigada, Marla!

Dhebora menezes disse...

Adorei o texto Marla, reflete tudo que eu estavava precisando ouvir.

obrigada por esses sentimentos que você expressa em palavras.

:$ Carloos ' disse...

gostei do blog :]'
visita o meu, segue ou comenta se quiser :
http://carlosyurii.blogspot.com/ volto quando puder :} sigo de volta, volto sempre que puder :}

Crisneive Silveira disse...

Mais um exercício de como viver consigo mesmo.

Anna Carolina (annacarolinafernandes@hotmail.com) disse...

Bem que falam que Deus fala com a gente atraves de outras pessoas. Eu nunca tinha lido nenhum texto seu, mas hoje era tudo o que eu precisava ler. Acredito que tenhamos passado por momentos parecidos recentementes e lendo aqui a sua forma de descrever os seus sentimentos, me torna mais forte e com mais coragem de seguir em frente sem olhar pra tras! Muito Obrigada! Se cuida! Beijos

"Biatriz" disse...

Você escreve mesmo muito bem!
adorei!
:)

As Flores e Eu disse...

Aliviou um pouco o meu dia de hoje.
Obrigada.
Beijos

Natália Rocha disse...

Amo seus escritos!
Sempre doces, verdadeiros, repletos de sensibilidade.

Não vamos deixar a dor tomar todo o espaço em nós, bora pra vida.

Beeijo meu*

Buzzy disse...

oii, passa no meu blog se tiver tempo ?
paramentesvazias.blogspot.com
obrigada desde já

M. disse...

É isso aí! Também já passei por esse momento...é a mudança de cilos..que bom passar pela tempestade para poder ver - arco-íris!!!
Sou escritora.. tem sorteio de um livro no meu blog! Vim te convidar para participar!
Bjs
Marli
http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/
http://tecendoaventuras.blogspot.com/

Liza Leal disse...

Gosto dessa agua fria no rosto!

bj
.
LiZa

Tiago Rafael Alves disse...

Choque de realidade é sempre bom ...