Páginas

segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Alguma tristeza...

Foto: Maria Salvador


Este silêncio é assustador. Não porque talvez ele não seja necessário, mas porque mesmo sendo necessário, ele machuca. E ando muito ferida pra suportar um pouco mais de dor. Então eu queria que alguém me dissesse que vai ficar tudo bem, sabe? Porque esta incerteza toda tem me desnorteado demais. E uma ansiedade aguda toma conta de mim minuto a minuto.E ainda há a saudade.E mesmo que as previsões sejam positivas, tudo ainda me parece tão longínquo!E estou com pressa, e sede e fomes demais. Percebe como minhas palavras estão respirando com dificuldade? Então eu te peço pra não me deixar tão sozinha assim nesta fase. Mesmo que haja sol e as ondas vão e venham incansavelmente me lembrando do movimento da vida, a sua voz me faz tanta falta quanto uma brisa. Não que tenha me faltado companhia, mas em algum momento o abraço termina porque as pessoas têm as suas vidas. E ainda, o barulho das cidades têm me incomodado tanto quanto este silêncio denso. Então eu fico sem saber pra onde ir. E fico tão sonolenta e encolhida no meu canto até que alguém venha me abraçar novamente. E às vezes esse socorro demora tanto por causa da minha necessidade sempre tão urgente de tudo. De paz. Por não querer sufocar ninguém, fico aqui, sufocada.

Só estou te dizendo estas coisas porque acho estranho você não ter a menor curiosidade em saber como tenho me sentido. Depois de tudo. Porque não existe um segundo sequer em que eu não pense e queira saber e deseje que você esteja bem. Só isso.

*

Marla de Queiroz

35 comentários:

bX-752o1g disse...

Vai ficar tudo bem... Seja o que for, já está tudo bem. E do silêncio nasceu a palavra.

Amo você!

Um beijo.

Anaterra disse...

Anaterra acima.

Pensamentos Soltos disse...

Muitas vezes ,o silenciar é para acalmar o espirito que anseia muitas coisas ao mesmo tempo
Sem duvida vai ficar tudo bem, mas nada é ao nosso tempo, tudo é o tempo de DEUS.
Suas palavras exprimem exatamente o que estou sentindo neste momento.
Saudade, vontade de sentir um abraço, ouvir uma voz.
Mas só de algumas vezes ler alguns blogs, me sinto abraçada pois vejo que não é somente eu que me sinto assim.
SINTA-SE abraçada
beijos carinhosos
Vanderléia Godoy

Laércio Neto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laércio Neto disse...

E no fim tudo dá certo, Marla. Se não deu certo, é porque ainda não chegou ao fim. Não é meu, é do Fernando Pessoa, kakakaka. E você já conhecia, eu sei.

Sua palavras estão meio mudas e sem força. Deve ser a reflexão de seu temperamente interno. Sou seu leitor "sombra". Espero que fique bem brevemente, assim eu irei ver queimar novamente, em suas palavras, o seu fogo vivo.

Um grande beijo.

Poxa.. Você pode me seguir ? Seria fantástio te ter como seguidora em meu blog iniciante.

Um grande beijo de novo.

Anônimo disse...

Eu te amo e estou de abraçando sempre... Sua Borboleta Verde...Beijocas!!

Yhuri disse...

Sério, vai ficar tudo bem.
Já dizia Corinne Bailey: "Pacience is a virtue; and life is a waiting game..."
O tempo é o mestre da vida.

Ótimo texto. Último paragrafo perfeito. Entendo minha namorada agora.

Se você tiver tempo, você pode me seguir? Sou grande fã das suas palavras...

Dolores Consuelo disse...

conheci ela nem sei mais como! a vi num bar (claro) na vila madalena, em sao paulo, num dia que nao era para ser... dai, no dia seguinte ao aniversario dela, sem eu saber disto, liguei para ela e disse: to no leme e eh por sua causa...

voce ouviu minha estoria e me disse FENIX TOTAL! e rimos e comemos biscoito Globo e voce, carioca candanga, negociava as cangas pra mim!

beijos minha amiga... beijos... e fenix somos todos que precisamos ser fenix... vanda

eliz pessoa disse...

Marlota, o silêncio, às vezes, nos grita aos sentidos... Carregada de sentimentos, a vida transcorre em seu tempo, horas vagarosa, noutras amplificada em outras possibilidade. Eis que num segundo vazio, uma janela se abre trazendo um Sol matinal, repleto de boas energias... Que o seu Sol continue intenso com as sua essência. Beijos daqui! eliz

Karina disse...

o MELHOR!

camila lordelo disse...

como doem as urgências. é minha essência também, essa. e não saber nem ter quem te diga qualquer coisa é unha arranhando quadro negro.

mas há a beleza dos dias, e as coisas as quais não temos força sobre: há o destino e curso natural de tudo. deságua toda essa agonia no papel, não há mal nenhum em sufocar este pobre tão útil. ao contrário: ganhamos todos nós com isso.

quando a gente está mais assim, de olhar pro chão, também tem aprendizado: vai que achamos um sorriso caído, aquela nota de cem perdida tão intencionalmente pra nos fazer feliz.

um abraço quentinho! da sua antiga visitante sem aspas, agora a que sente, sente, sente, camila.

Amanda disse...

Marla, que triste (e lindo, porque há algo de belo na tristeza). Li suas palavras e pareciam que tinham sido escritas por mim, neste exato momento em que me encontro.
Vontade de saber por que o outro não se importa em saber como estamos. Vontade de falar, nem que seja para não falar nada de importante. Para se sentir reconfortada, importante, lembrada.
Uma vez você me respondeu um e-mail e me apresentou a frase de Guimarães: "para ódio e amor que dói, amanhã não é consolo". Sei que não é, mas é o que há para fazer quando só resta esperar.
Esperar que essa sensação ruim passe e o Sol volte a iluminar os dias tão lindos.

Não sei ao certo o que se passa. Mas mando todos os meus melhores pensamentos e melhores energias para vc.

Beijos,

Amanda Guiomarino.

My disse...

Adorei aqui...
Já tinha lido muito você mas não achei que tinha um blog...
Ah já estou te seguindo e adoraria ver você no meu cantinho...
http://cronicasdeanjos.blogspot.com/
bjs

E.R. disse...

Silêncio nem sempre é solidão,
esquecimento, dor (...)
mas o meu sangra quando o que eu mais queria era gritar que o sinto
e não consigo,falta de coragem
eu sei.



""Vai passar...
Beijo.

Anna Duzzi disse...

Olá, Marla, tudo bem?
Vi alguns fragmentos e textos teus no tumblr "pequenos retalhos" e fiquei perdidamente apaixonada pela maneira como você molda as palavras e consegue trasformar sentimentos humanos em poesias tão agradáveis aos olhos.

Postei esse texto ontem no meu blog. Não fiz nenhuma modificação, apenas "pulei" alguns trechos que achei não se encaixarem muito em mim (uma raridade, pois pelo que li de ti, fico impressionada com o quanto somos parecidas). De qualquer forma, o texto foi devidamente creditado.

Se ainda assim você quiser que eu o tire do blog, é só pedir.

Continuarei navegando por essas páginas mágicas. É raro encontrar um talento desses.

Um beijo.

Ana Paula Dilger disse...

"Ostra feliz não forma pérola". (Rubem Alves)


melhoras ...

Simples de coração disse...

Quem sente tanto, sente muito por isso acontecer...Mas acontece bastante, infelizmente...

Gostei dessa frase: "Por não querer sufocar ninguém, fico aqui, sufocada". Muito boa!!

Belo blog!!

Sinta-se abraçada, de coração!!

Clóvis disse...

Um amontoado de ressonâncias turvas, esquivando o silêncio que, ora bravod, ora exato, também pode ser abrasador. Num emaranhado de vicissitudes e sentidos, sentindo dentro, dentro-fora, depois mais dentro ainda, ressentindo estes marasmos, mares, marés e ternuras.

Te deixo um afago manso, destes que almejam sutilezas, cicatrizando os poços e os poros, a moradia que há de acalentar toda a guerra e caos. Passa, passa sim.

Inté, moça querida.

Rô... disse...

Adorei seu blog...

tem muito a ver comigo...
gostei muito do que vi

parabéns e beijinhos

Ana Laura disse...

Marla, venho aqui e me encanto porque vejo em você a nova geração de poetas (em atividade) do Brasil. Parabéns e continue escrevendo e nos deleitando com seu bardo dom!

Donaella disse...

Passei por algo assim há meses atrás, repeti seu último parágrafo, com sotaque nordestino(rs) e segui. Foi um último telefonema, silêncio, um pouco de solidão que me permitiu um grande encontro comigo e fim. Viajei, li Comer Rezar Amar e Fora de Mim(eu achava tudo tão clichê) ... Deixo pra você como um suave cochichar de Oswaldo Montenegro:"de um jeito ou de outro, vai passar".
Bjs na alma

@katiiamaise disse...

vai passar, e você nem vai lembrar, vai sorrir, e achar graça *-*
lindo texto. Você escreveu sofrendo, imagino o quanto estava doendo em seu coração enquanto você dava sentido as palavras. Saiba que a dor acaba um dia. Mas a beleza do texto vai persistir por um bom tempo ainda.
beijos, adorei seu blog e estou te seguindo no twitter.

Anônimo disse...

"o amor é como a dor, termina"

Voando alto disse...

Me sinto assim,as vezes por não querer sufocar alguem eu me afasto e me tolero, haa mais no fundo eu queria um abraço.
Muito lindo Marla.

Ana Paula Ferraz disse...

Vidas diferentes, sentimentos similares!

Beijos.

Danybright* disse...

Oh querida Marla....
Ando me sentindo extamente assim...Tudo que vc descreveu, tudo!
No meu caso tá tudo bem, mas no início, sempre frágil, nebuloso, incerto...e pra quem já perdeu tudo como eu, é apavorante querida amiga perder isto tudo que to vivendo de bom!
Obrigado por descrever tão bem minha insegurança.....
xero

As Flores e Eu disse...

Tudo que eu tenho lido reflete o que eu tenho vivido, e esse não foi diferente.
Gostei muito.

Anônimo disse...

Você escreve maravilhosamente bem! É como se voce soubesse realmente o que muitas pessoas sentem e descrevesse tudo tão assim facilmente. Os seus textos me entendem muito! É incrivel como eu me identifico tanto. Parabéns Marla, Muito Sucesso!!

Aline disse...

Peço a licença de postar seu texto... Estas palavras se encaixam perfeitamente no momento que estou vivendo. PERFEITAMENTE... Só não são minhas de fato, pq não tenho o maravilhoso dom que vc tem com as palavras :)
Beijos!

Lu disse...

Você escreve com a alma, eu adoro seu blog, se puder visite o meu..bjos!

http://caleidoscopiobylu.blogspot.com/

Intimidadora. disse...

Tudo bem, vai ficar, porque sempre fica, porque a vida segue e amor é isso, no fim sempre dói e nunca vai embora por completo e você, menina-das-palavras, sabe disso.
Inevitável o querer saber, o querer sentir, o querer estar, mas as vezes a gente tem que ficar só no querer mesmo, porque é o certo pra gente... fica bem. Tem colo aqui. Beso.

STELLA VIVES disse...

Amiga , prazer em visitar e seguir teu blog! Lindo!!!! Deixo aqui o convite para visitares os blogs PLANETA EMOÇÃO e MULHERES VERDADEIRAS, ok???
Preciso do teu mail tb.
O meu é stellavives@yahoo.com.br , para poder te enviar um convite especial. Beijos florbelianos.

mourasara disse...

meu deus...estou encantada com seus poemas...me identificando com cada um...jesus...
viciada,rs...

Lethícia disse...

faço minhas essas palavras e me sinto abraçada. me encantei com os seus poemas. parabéns!

beeijos ;*

Monica Maria disse...

Lindo!!!!!!
Lindo!!!!!
É tudo que sinto agora e não sei expressar.
Sou sua fã!
Um abraço
Mo