Páginas

sexta-feira, fevereiro 26, 2010

Uma reflexão

Foto: Helena Pinheiro


É muito comum casais caírem na rotina após a sensação plena de segurança, de conquista definitiva. O que muita gente esquece é que amor também precisa de alimento.E alimentar uma história, assim como estudar, trabalhar e evoluir profissionalmente, requer exercício diário e investimentos que não podem se afogar na tão proclamada “falta de tempo”. Falta de tempo, no fundo, é falta de organização, e quando o tempo é escasso as pessoas resolvem o que elas acham que é mais importante, então por que depois de buscar tanto um amor e encontrá-lo, ele deixa de ser prioridade?

Existem várias maneiras de demonstrar afeto em meio a um dia turbulento.Você leva menos de um minuto pra digitar um sms e não vai perder tanto tempo respondendo a um e-mail afetuoso no final do seu expediente. Presentes fora de datas comemorativas, uma besteirinha qualquer, um bilhete na cabeceira da cama...coisas que todos gostam de receber mas se esquecem de dar. E pra quem gosta de dar e acha importante receber, é muito injusta a acusação da falta de compreensão por parte do outro! Responsabilidades demais, todos temos, a forma como cada um administra sua vida é que faz a diferença na qualidade do seu namoro.Não é preciso esperar a relação entrar em crise pra querer reagir e se manifestar. Assim como numa empresa, o ideal seria prever e se prevenir. Muita coisa se desarmoniza desnecessariamente, até porque uma pessoa bem-sucedida profissionalmente, se ainda tiver um amor como abrigo no final de cada dia cansativo, vai enfrentar seus desafios no dia seguinte com muito mais vigor e alegria.Se o amor tantas vezes é casa e aconchego, porque deixar que seu lar se desarrume a ponto de você e o outro não sentirem mais prazer em morar lá?

*

*

Marla de Queiroz


P.S.: POESIA VENDE, SIM! EU COMPRO!

31 comentários:

Lu Olhosde Mar disse...

exageradamente bom!!

Xandy Britto disse...

Anotado. Escreverei mais bilhetes. rs Lindo.

XB

Anônimo disse...

deusa, vc continua maravilhosa em todos os sentidos. poesia vende sim, eu compro!

dinhaf disse...

concordo plenamente, se conquista a pessoas amada todos os dia!

Anônimo disse...

Te vi na praia do Leme dia desses...acho que era vc, lendo um livro, de chapéu...Nossa, vc além de excelente poeta, é LINDA!
Sortudo o cara que tava com vc! rsrsrsrs

Minha admiração eterna.
Sou teu fã!

Lisa disse...

Maravilha de blog!

=D

Larissa disse...

Quem dera se todos soubessem fazer a "manutenção" nos relacionamentos.

Belo texto!
=*

Fernanda disse...

"Existem várias maneiras de demonstrar afeto em meio a um dia turbulento."

adorei! pena que as pessoas só tomam atitudes assim quando tudo está em crise (isso quando tomam, porque não é sempre).

amei seu PS tb! eu também compro! hahah :)

[PH]elipe disse...

"Marla"vilhoso rsrs

Não canso de pagar pau procê mulher rsrs

Parabéns sempre!

Lari'Lissa Aisha disse...

Nossa que texto mais lindo, pois bem...
foi uma baita luz para que eu cuide mais do meu amor.
amei
Lissa

Uber Expresso disse...

pequenos gestos...tão pouco...apenas uma palavra boa para trazer o amor...Beijos Roberta

~~ Carol Farias ~~ disse...

Caramba... excelente!!!
Adoro tudo que você escreve!!
É simples e perfeito!! Parabéns!!!
E assim como você: eu também compro poesia!!

Elayne disse...

POESIA VENDE, SIM! EU COMPRO!



Perfeito!

Anônimo disse...

Gosto tantooo quando vejo que tem texto novo!!!!!!!! O último é sempre o melhor!

Ana Castilhos disse...

É isso aí lindona Diva das palavras, a vida é feita de escolhas e cuidar do nosso amor é uma delas!! poesia vende sim, eu compro!
bjooos e sucesso infinito!

Dalita disse...

Adorei o seu blkog, a sua poesia, os seus sentimentos...me identifiquei!
Agradeça a Elenita, pois foi através dela que "conheci" vc.

Agora faço parte: Amamos ler o blog da Marla

Dalita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila disse...

Belíssimo texto, Marlinha.
Amo sua poesia.
Bju
P.S.: Poesia vende, sim! Eu compro!

Regina Coeli Carvalho disse...

Olá,
Poesia vende sim, eu compro!
E quero comprar seu livro, mas por duas vezes ao clicar na foto meu pc "congela". Tem algum outro caminho para efetuar a compra?
Carinhoso abraço.

Ela disse...

Gostei do seu texto. Estou casada há 16 anos e a gente em que dar ó em pingo d'água pra não cair na rotina....

Beijos

Ana disse...

Oh coisa linda, flor-marla!

Nacha disse...

Poesia vende sim, eu tambem compro!! Seus textos sao otimos, parabens

Denise disse...

Que lindo...
Ainda mais pra quem ainda não encontrou esse amor. É tudo o que o que gostaria de fazer e não tenho alguém para tal...
Mas vou encontrar e seguir seus conselhos.

elizabet disse...

tenho visitado esse espaço. tá bom de te ler!
abçs

Luminária Transcendental°°° disse...

O mundo ainda carece de pessoas proativas. As pessoas acabam criando uma esfera emocional dependente, em que "muito" se faz em esperar resultados. Esquecemos que o importante é agarrar a realidade e suprir nececidaddes muitas vezes não expostas pelo outro, o parceiro, namorado, amigo, coléga de trabalo, parente, os que nos rodeiam, isso é ser proativo, isso é manter uma relação forte.
Bela reflexão. Amei...

samiralopes disse...

Cada vez que leio seus textos, me apaixono mais por cada um deles.

Teté disse...

Oii =]]
Quanto amor e bons sentimentos encontra-se aqui no seu blog. Fiquei conhecendo atraves do blog da Lena(BBB). Adorei tudo que li ate agora, ja te coloquei nos meus favoritos, pretendo voltar.
Parabéns pelas belas palavras e por todo o carinho que vc coloca aqui pra quem te acompanha. É muito bom poder encontrar blogs como o seu que transmitem de tudo um pouco que cada pessoa gostaria de ler em algum momento da vida.
Continue assim, te desejo muito sucesso sempre.
Voltarei com certeza e se quiser me visitar tambem, sera bem-vinda ;]
Grande beijo!!

Drika disse...

O amor é uma 'casa a dois', né? =) não entendo pq muitos não querem morar juntos mais...

Lindo seu nome, Marla... tem o mar nele =)

Bjs no coração!

Equipe de Redação Ih! Bloguei... disse...

Marla adorei seu blog, uma amiga me indicou e já virei seguidora...Relicando um outro comentário, exageradamente bom! Vou visitar mais vezes, e tb divulga-lo no blog que tenho com mais 3 amigas jornalistas...veja lá depois... ihbloguei.blogspot.com Do nosso jeito tb blogamos de forma positiva! Bjs Mariana

Luise Costa Lima disse...

As vezes você parece que adivinha, marlinha.
As vezes eu me pergunto: somos nós que sentimos demais? que queremos demais? que não nos acostumamos facilmente com a distância?
E de vez em quando esbarramos, assim, acidentalmente, com pessoas que também concordam com a gente. Gente que tem mania de viver de amor.
Mesmo que não se ajuste muito fácil às suas maneiras de ser.

Lu

jhony disse...

Marla, que lindo texto. Não só esse, mas todos! Só que esse me tocou profundamente, estou passando exatamente por isso em meu namoro. Eu o amo muito, e espero que possamos passar por essa crise e continuar nossa história! Obrigado pelos seus textos, lindos. *-*