Páginas

quinta-feira, junho 04, 2009

Minha melhor companhia

Foto: Xã


Ele não sabe mais nada sobre mim.Não sabe que o aperto no meu peito diminuiu, que meu cabelo cresceu, que os meus olhos estão menos melancólicos, mas que tenho estado quieta, calada, concentrada numa vida prática e sem aquela necessidade toda de ser amada. Ele não sabe quantos livros puder ler em algumas semanas.Não sabe quais são meus novos assuntos nem os filmes favoritos.Ele não sabe que a cada dia eu penso menos nele, mas que conservo alguma curiosidade em saber se o seu coração está mais tranqüilo, se seu cabelo mudou, se o seu olhar continua inquieto.Ele nem imagina quanta coisa pude planejar durante esses dias todos e como me isolei pra tentar organizar todos os meus projetos.Ele não sabe quantos amigos desapareceram desde que me desvencilhei da minha vida social intensa.Que tenho sentido mais sono e ainda assim, dormido pouco.Que tenho escrito mais no meu caderno de sonhos.Que aqui faz tanto frio, ele não sabe por mim.Ele não sabe que eu nunca mais me atentei pra saudade. Que simplesmente deixei de pensar em tudo que me parecia instável. Que aprendi a não sobrecarregar meu coração, este órgão tão nobre.Ele não sabe que eu entendi que se eu resolver a minha dor, ainda assim, poderei criar através da dor alheia sem precisar sofrer junto pra conceber um poema de cura.Hoje foi um dia em que percebi quanta coisa em mim mudou e ele não sabe sobre nada disso. Ele não sabe que tenho estado tão só sem a devastadora sensação de me sentir sozinha. Ele não sabe que desde que não compartilhamos mais nada sobre nós, eu tive que me tornar minha melhor companhia: ele nem imagina que foi ele quem me ensinou esta alegria.
*
*
Marla de Queiroz

P.S.: Meu livro "Flores de Dentro" autografado pelo e-mail marlegria@gmail.com
Aos fãs deste blog, votem no selinho à direita! Beijos, amores!
Vocês me revigoram!

23 comentários:

- Juli - disse...

Eu não conseguiria organizar melhor... mesmo! Meu momento, suas palavras. Sucesso.

Gustavo Jaime disse...

Marla, lindo. Tuas palavras são uma fórmula mágica (nem tão assim, pois ficam a parecer concebidas do "nada") para o sempre tão confuso coração de quem sente.

Parabéns, pois você quem nos revitaliza... quando te lemos, é você, na verdade, que está lendo a gente.

Amanda Proetti disse...

Cada vez melhor, coração! Se você soubesse o bem que faz ao meu estas palavras de sutileza incomparável... !

Ana Patrícia disse...

Aff..lindo, maravilhoso .... incomparável...flor marla ...!!!

Lubi disse...

você é um encantamento.
sempre uma alegria muito grande vir aqui, acariciar meu próprio coração.

(...) disse...

Marla! Ontem foi a primeira vez que vi seu blog, e achei suas palavras muito interessantes. Alguns posts seus caem como uma luva na minha vida, por exemplo esse post parece até que voce investigou a minha vida para escrevê-lo! kkkkk às vezes é bom saber que outras pessoas partilham do mesmo pensamento que o nosso. Visitarei seu blog sempre que puder, você conquistou mais uma fã! Beijos e muito sucesso!

(...) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
(...) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
poeta matemático disse...

Hum, lindo

Magnifico

Intenso

Grandioso...

Poético

parabéns, vc me fez sentir, o que é raro

Paloma disse...

Acho q é o outono...pouco sol e calor, muita sombra e frio. companhia, mas quase nada de preenchimento. enfim...
fiz seu mapa. obrigada pela permissão, Marla! beijo grande. Paloma

Juliêta Barbosa disse...

Marla,

Gosto tanto da pessoa que me tornei, que tenho pena de quem não consegue me ter.E isto não tem nada a ver com narcisismo e sim, com resgate... Estamos inteiras!

Marina C. Lacerda disse...

que liiindo *_*
textos maravilhosos aqui, estou encantada ^^

Anônimo disse...

Suas palavras quando se abraçam não só se transforma em poesia.
Elas abraçam o mundo...abraça todos nós.

Beijos

Anônimo disse...

Marla,
Na boa, vc é um fenômeno com as palavras. Não sei por que o MUNDO ainda não te traduziu. Comprei teu livro, leio seu blog e não conheço nenhum autor contemporâneo tão bom.
Eu agradeço todos os dias por vc existir e escrever aqui, por "salvar meu coração".
E acho que vc precisa com urgência de uma boa assessora de imprensa! Se eu fosse, faria esse trabalho de graça, retorno garantido sendo por vc! rsrsrsr.
LINDA!
Beijos,
Paty

bia disse...

"só sem a devastadora sensação de me sentir sozinha"

vc sempre diz tudo flor...
alias... sente, e nos transmite
com tanta alma!

um bjo!!! ^^

Daniella Miranda disse...

LINDO. Sem palavras!

[realmente emocionada]

Mamello disse...

Sempre bastante inspirada.


Beijo do Marcio.

Flávia disse...

Marla, Maravilhosas suas palavras...

La Sereníssima disse...

Marla, poucas vezes na vida vi alguém que conseguisse traduzir sentimentos e sensações com tamanha perfeição.
Tem em mim uma grande fã. =)
S

Paco disse...

Traduziu perfeitamente o meu momento, o meu amor perdido, a minha flor dolorida.

Susana disse...

Oi Marlinha,

Vim ler-te com saudades... e é sempre aquela delicia quando me perco nas tuas palavras, continuas a surpreender poeta! Linda!

Espero que o teu livro esteja a ser um sucesso, um dia quem sabe vou ao Brasil e ganho um!

Tudo de bom para ti.

beijo de eu! directo de Moçambique

:)

Ariana disse...

Olá Marla!
Acessei seu blog e me encantei... Maravilhei-me com seus trabalhos, pois conversam com a alma, transmitem ondas de prazer ao espírito e protagonizam sensações pessoais com as quais me identifico em sua grande maioria!
Dedico-me, em tempo livre, à escrita, através da qual manifesto meus sentimentos e sensações!
Amei "Minha Melhor Companhia",simplesmente magnífico!
Parabéns, você é excelente!
Abraços!

placco araujo disse...

É interessante ver como seus textos fazem sentido na sua vida, mesmo em momentos diversos!!!

Eu sei que seus textos näo säo auto-biográficos (fico sempre em dúvida com a nova ortografia que palavras tem ou näo hifen...)mas eles parecem re-vivëncias...

Mas de qualquer forma, o seu escrever é atemporal... é sempre lindo...


Bom final de semana, nossa poeta do Leme.

Edson