Páginas

terça-feira, abril 14, 2009

O medo do amor


Foto: Marta Ferreira

Eu não tenho medo do amor.Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele.Amar quem teme o amor é como se apaixonar por uma sucessão de desistências. É como viver apenas a possibilidade de algo, mas com a sensação de que ela nunca se estabelecerá.É ficar intranqüilo não com o amanhã, mas com os próximos minutos. Quem teme o amor vai embora antes de fazer as pazes com ele.Antes de saber que surpresas ele reservava. Quem teme o amor teme caminhar de mãos vazias em direção ao desconhecido.Está sempre baseado numa repetição do passado.E acha que a vida será como todos aqueles dias idos.Quem teme o amor não vê a pessoa que conheceu, não se dá a oportunidade de ser amado de outra forma.Quem teme o amor se envolve é com o drama de todas as feridas que vieram à tona porque ele não se permitiu ficar sozinho e confuso o suficiente para curá-las.Quem teme o amor não aprendeu a pedir ajuda nem a receber a cura do Universo.Ele se acha maior que o amor e não conjuga o verbo.Quem teme o amor consegue ser mais perverso do que quem o magoou.

Quem tem medo do amor , pra se preservar, não se permite delirar lindamente....e perde a parcela mais deliciosa que o amor prometeu....por medo de amar.

*

*

Marla de Queiroz

P.S.: Obrigada, obrigada, obrigada! Vcs me dão muito! Amo os e-mails, os recados no orkut, as homenagens nos blogs e no youtube....Que vcs tenham sempre, com urgência, aquilo que o coração de vcs deseja de mais saudável pra vcs e pro Universo.



16 comentários:

Gustavo Jaime disse...

Marla, és indizível. Lê a gente e desconcerta pelas palavras certas que se erguem. Fico sem descrições: tudo é pouco perto do muito que sinto. E quero sentir como tu sentes: com essa sensibilidade que embeleza o mundo. Obrigado.

Gustavo Jaime disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dany disse...

Lindo Marla... Lindo...

Amanda Proetti disse...

Dizer que tua poesia fala em/por mim e comigo já tá ficando repetitivo né?! rs
Mas hj, especialmente hj, era como se vc estivesse pensando em mim qdo escreveu...
Lindo! Parabéns!

Minhas Púrpuras Reticências... disse...

Há tantos assim... e a gente ainda tentar ser cavaleiro de armadura... mas não se pode vencer o medo que não é da gente...

Tão verdadeiro o texto Marla, que quase chega a doer no estômago.

Lindo!
=)

Cris.

Iêda disse...

Marla, tuas palavras continuam a me surpreender. Lindas, traduzem sentimentos de muitos. Acho que a maioria se vê em seus textos. Parabéns sempre!!! beijão

Anônimo disse...

Perfeito amada!!!
sua borboleta verde...

Thaisinha... disse...

E falas tão bem,
que demonstras o quão sabes amar.

...ah! se soubesse assim.

Anônimo disse...

Fez-me lembrar uma canção do Chico..
Lindo Srta Encanto..Lindo..

Beijos de-Lume

( Seu vídeo ficaria "bunitinho" aqui..rs.. )

Pat Rocha disse...

Como sempre, linda...
Abro minha boca e você fala...
Vou postar este teu texto lá no meu perfil do orkut....
Mais fortuito, impossivel!!!
beijo
Pat

Anônimo disse...

Marla,

Quando vc me falou que escrevia, não imaginava que escrevia tanto!
Meu Deus, estou embasbacado com a força dos teus textos. Tuas palavras promovem curas, emocionam, dão colo e amparo.
Nunca li nada assim, tão emocionante.
Agora vejo como sou privilegiado em tê-la conhecido pessoalmente!
Vc é uma lenda viva, menina!
Ufa, preciso digerir direito tudo que li aqui!
Mas, aviso de antemão, vc ganhou um fã eterno: da sua poesia, da pessoa que vc é, da sua beleza e de todas as coisas que nós sabemos de um encontro tão incrível!
Um beijo longo!
Teu fã ardoroso!

gdec disse...

Há que tempos que não te vejo...
E no entanto continuas
a escrever tão simples
e tão profundamente

como quando eras
meninazinha.

um beijo
mas grande
Geraldes de Carvalho

Luise Costa Lima disse...

Lindo demais!

Anna Lucia disse...

Nooooooossa Marla, vc conseguiu traduzir perfeitamente o que todos nós sentimos.
Parabéns!

Glau Ribeiro disse...

Porque é sempre tão perfeito, aqui?

Eu tenho dentro de mim amor por alguém que morre de medo do amor, Marla. E é exatamente da forma como você descreveu. Exatamente.

"Quem teme o amor consegue ser mais perverso do que quem o magoou."

Beijos.

Manu disse...

Meu Deeeeeus como ela consegue?!?!?!?! dizer tudinho tudinho que eu sinto e nao consigo traduzir?