Páginas

sábado, março 21, 2009

Iansã dos Ventos

Foto: Luís Trancoso


Entre um cigarro e uma fresta de desespero, eu escolho a palavra. Tenho raiva de dores que me calam fundo. Filha de Iansã dos Ventos, eu mudo a direção das chuvas se pretendo outro tempo ou momento. Meu corpo é cais e mar aberto. Meu coração é caos, céu encoberto. Minha mente, esse relâmpago de luz.A escolha é sempre extrema.Não me comovem tuas palavras tão amenas.Então que minha sede traga tempestades e que meus seios incitem teus maiores incêndios. Não gosto de superfícies ilesas, eu busco o de dentro. Posso transformar tristeza em raiva pra sentir mais força. Posso afogar minha doçura num rio de águas tão enjoativas. Mas sei reverenciar o mar que temo.
E quando eu te tiver nos braços, Obaluaiê, me escuta: você terá a realidade dos teus sonhos. Não pretenda minha fúria, queira-me mansa.Não pretenda minha mansidão, queira-me intensa. Perceba quando eu digo um sim dentro de um não.
E quando eu te tiver nos braços, Obaluaiê, me escuta: só te restará a escolha entre a tempestade e o furacão.

*

Marla de Queiroz

P.S.:Vendas do meu livro " Flores de Dentro" com dedicatória pelo e-mail marlegria@gmail.com ou pelo site da Editora Multifoco.
P.S.2: Pros que moram no Rio de Janeiro ou estiverem passando por aqui, vamos nos encontrar? Quero saber que rosto vcs têm, o que fazem, do que gostam...Dia desses fui entregar um livro pra Bebel Clark....Foi uma tarde inesquecível! Viramos melhores amigas de infância.Tenho muita curiosidade em saber quem são vcs que vêm aqui e me dão tanto afago de longe. Eu quero mais de vcs.Eu tomo chope, água de côco, faço caminhadas homéricas, adoro falar, ouvir. Vamos? Quem se habilitar me manda e-mail.
Obrigada pra sempre.

22 comentários:

Bebel Clark disse...

Marlamada!!!
Pela primeira vez tenho a coragem de deixar um comentário... coragem que só veio por termos nos tornado melhores amigas de infância! Que felicidade de encontro!
Não te largo nunca mais, flor!
Amo tudo que você escreve... continue...

Beijos!
Bebel

Anônimo disse...

Marlabarista...

Hum..tbém quero..
Acho q vou para o Rio..rss..
Só não sei se tempestade ou furacão..mas q seja..rs..

( Fantástico texto )

Beijos de-Lume

(...Se tudo fosse..de qualquer modo...)

adriana disse...

Tudo que sai de vc é tão lindo.... e eu aqui, longe do mar! Continua, dona bonita.

Iêda disse...

O teu texto toca as pessoas... !Tenho raiva de dores que me calam fundo...", sábias palavras!!!!
Beijão e ótimo outono pra vc!

Anônimo disse...

Isso aqui tá um mantra...uma reza forte...Poder!!!
Beijo beijo e saudades da sua borboleta preferida srsrrsrs

Anônimo disse...

Adorei te conhecer, senhorita do cabelo primaveril...
E eu disse que descobriria teus segredos, Iansã dos Ventos.
Queria tanto ser teu Obaluaê....rsrsrsrsr...Deixa?

Anônimo disse...

Marla!!!!! Seus textos legendam o que sinto! Adoraria te conhecer, mas estou tão longe... Quem sabe um dia, querida! Com carinho.

Julieta Abiusi disse...

Já sabe que se vier a Buenos Aires algum dia está mais do que convidada para um passeio ;o)

Julieta Abiusi disse...

Ah, ia esquecendo: estou totalmente em sintonia com essa coisa de sim dentro do não. Mas comigo mesma! Faz tão bem!

Anônimo disse...

Ahhh marlinda!
Há tanto quero este encontro.
Há tanto quero um abraço, afago, palavra!
Mesmo sendo sua "vizinha" ainda não conseguimos.
Quero este presente!

beijos com a beleza das tardes ensolaradas no Leme!

Camilinha Benevides
:)

Lubi disse...

;)

me fala tão alto sempre.

um beijo, minha querida.

eliz pessoa disse...

É sempre bom passear por aqui, e descobrir o seus contornos e sua prosa... É sempre bom saber que coisas tão boas sobram na gente.

Um beijo daqui.

eliz pessoa

Ana disse...

fiquei com inveja da Bebel. mas quase não sei se irei no Rio um dia ... quem sabe ... amo tudo que você escreve, flor!!

Joaquim disse...

Venta Iansã e mude as chuvas, os tempos
faça claro o céu com os relâmpagos de tua mente
e quente o tempo com os incêndios do teu corpo
e com tua imensa e mansa fúria,
reais, os sonhos de todos nós!
axé baba

Lubi disse...

esperando maio.

saudade.

beijos.

Anônimo disse...

Lindo texto.
Pena que as pessoas não tem o cuidado de citar as fontes quando copiam textos alheios. Seu texto fou utilizado no blog http://logicanonsense.blogspot.com/2009/10/entre-um-cigarro-e-uma-fresta-de.html#comments
Me elogiaram tanto aquele blog, mas quando fui checar todos os textos são de outras pessoas, sem a devida aspeação.
Parabéns pelo SEU texto.

✿Lשcأαηα ✿ ੴ°° disse...

Lindo tudoque escreve.
Beijos com carinho

Anônimo disse...

Nossa moça... quanta profundidade! Continue permitindo esse canal pra Poesia, você o faz com muita Maestria. Parabéns.

Rachel Nunes disse...

Texto lindo é esse hein? Absolutamente encantador.

Beijos!

Ju disse...

Maravilhada com este texto!...
Profundo, intenso e escarlate como Iansã!

Luz e paz!
Bjo

Janaina disse...

Eparrê Oiá!

Que Iansã ilumine sempre seu caminho e suas palavras, elas luminado o meu espírito!

Janaina disse...

Eparrê Oiá!

Que Iansã ilumine sempre seu caminho e suas palavras, elas tem iluminado o meu espírito!