Páginas

quarta-feira, maio 28, 2008

Notícias minhas...



Foto: Ana Paula Souza

Na brecha dos meus suspiros pela falta de tempo, observo a moleza do dia, enquanto caminho apressada pra minha mais nova ocupação. No meu coração, às vezes um frio, um vazio do tamanho do sol.

Na hora do almoço, ando pela praia porque só sinto fome quando não devo. E todos os dias eu só sei dar notícias do mar digitando uma mensagem pessoal no msn.

No final do expediente, volto rápido pra casa escutando o barulho dos carros, cheia de vontades de algum cigarro. E isso me faz tão poluidora do meu ambiente quanto eles do meio.

Não tenho tido tempo pra dramas emocionais nem pra leituras românticas. Tenho sido prática, minhas leituras dinâmicas e isso é hostil demais pro meu lirismo.

A lascívia me ataca toda noite, quando só tenho uma hora curta antes do sono pras minhas segundas intenções não agendadas. (É quando deveria ser minha maior hora de almoço). Por isso esse coito interrompido pelos dias úteis sem utilidade.

E custo a perceber que, pra quem queria enloucrescer, a responsabilidade e o juízo só atrapalharam.

(Enquanto subsisto, que ao menos minha poesia sobreviva a isto.)
*
Marla de Queiroz
*
*

P.S.: Tenho recebido muitos e-mails reclamando da demora de atualização do blog...Saibam que se tem alguém se angustia com isso, esse alguém sou eu!Seria delicioso escrever aqui todos os dias, mas quando não me falta tempo, me falta inspiração. Palavras exigem respeito, cuidado, dedicação. E nem sempre o texto fica tão bom, mesmo quando temos todos esses elementos.Daí ele vira um rascunho por um profundo respeito que tenho a vocês que me lêem e divulgam. Enfim, tenham paciência, eu adoraria escrever com muita freqüência sobre os mais diversos temas, mas os textos, por incrível que pareça, exigem de mim uma melhora como pessoa que às vezes não estou pronta. De qualquer forma, cada e-mail desses é um afago no meu coração. E um incentivo a superar todas as adversidades que me impedem de fazer aquilo que mais gosto: escrever.
Torçam para que as palavras não me abandonem. Às vezes, quando demoro tanto, sinto um medo horroroso.Porque sou tão dramática. E vocês exigentes demais comigo. E incrivelmente sedutores. E eu absolutamente seduzível. Obrigada pra sempre.

17 comentários:

Anônimo disse...

Você é maravilhosa mesmo quando silenciosa - porque no meu caso, tenho lido e relido cada texto, cada post repetidas vezes (essa redundância foi necessária) alimentando minha alma com a beleza do teu sentir e expressar.
As palavras não te abandonarão jamais tenho plena certeza.

Abraço carinhoso desta
Tua fã

Cris... disse...

Escrever é mesmo um tudo da gente...e, se a "melhora" que vc. fala não vem, se ainda nos buscamos, não acho incrível não Marla, que o texto não venha. Ao contrário.

Venho sempre aqui e te leio e releio, e a cada vez descubro algo novo, sempre confiro se atualizou, mas enquanto não atualiza vou me (re)descobrindo nos que aqui estão. E, tenha certeza, moça, palavras nunca lhe faltarão, vc. tem o dom... Não temas!

Grande beijo!
Cris (precisotantoaproveitarvoce.zip.net)

Lid =) disse...

Pois digo-lhe que vale a pena a espera.
Sempre vale...
Um beijo de tua fiel leitora que mesmo sem atualizações, frequenta esse canteiro diariamente pra reler e reler...

=)

Rayanne disse...

Teu silêncio - escarlate.
Tua alma marfim,
Linda, és porta-estandarte
De um amor sem fim.
Marla rida
Marla vida
Marla briga
Pelo sim.
Pelo menos
A saudade
Segue em frente
Sem ter fim.

(E as tuas pausas carmim anunciam minha flores preferidas)

AMO demais.

**Todas as estrelas sem pressa**

Lid =) disse...

Marla, sonhei com vocÊ!
rs
Pois é.
Vou lhe contar o sonho, estávamos eu e meu namorando andando quando encontramos vc sentada num banco de praça. Daí sentamos do teu lado e eu fiquei babando em vc e dizendo pra ele que eu era tua discipula.. E vc foi super atenciosa, carismática...

Acordei rindo, imagina só...
Um beijo enorme!

aline Juh disse...

Oi!!
Adorei você! e seus escritos lindos. Você ja escreveu um livro? pensa?
To pensando em fazer vestibular pra letras, também gosto de escrever. :)

beijo

Camilinha disse...

bom... tá explicado! e com palavras luxuosas!


beijos daqui...

Infinito Particular disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilinha Moura disse...

MARlavilhosa!
dona das palavras MARlindas..
eu venho sempre..adoro ler.
e reler..e aprender..´
é uma pena não te conhecer, não saber de vc, nem ao menos email.ou msn.
Sou tua fã.
torço por ti!
E lembre-se..abelha atarefada não tem tempo pra tristeza..
a abelhinha sou eu..
é vc..
somos nozes!

se cuida!

Octavio Roggiero Neto disse...

este ter que dormir na hora certa um dia inda nos mata! subsistir seria estar abaixo de existir?
você tem um coração de ouro, cuide dele! não o esqueça na falta de tempo!

Ricardo Soares disse...

Conheci ( e gostei) do seu blog através de indicação da Joyce Pacheco, minha colega de trabalho aqui da Tv Brasil e , como eu (como vc?) moradora do Leme...bj

Bela disse...

LINDAAAA!
Estou amando seu blog!
Beijos beijos e beijos!

Aline disse...

pausas e silêncios necessários... sua presente ausência.
eu na torcida por ti

Lubi disse...

É a forma de mostrarmos que estamos sempre contigo, flor.
Beijo.

J.F. de Souza disse...

Quero muito que tua poesia sobreviva, sim!

A minha ainda tenta se mover debaixo dos calhamaços de leituras técnicas e chatas, e todos os escombros das minhas responsabilidades...
Mas é porque eu ainda não mandei suspender as buscas...

Anônimo disse...

... nem precisava explicar ,Marla. Amoseus escritos e releio com prazer. Volte qdo e como quiser ,mas volte sempre! bjs

Frescurith de Mulher disse...

Marluquinha e muito talento....
Nossa como fico feliz por vc!
Só mesmo o orgulho de ver tudo isso, para afagar a saudade que tenho de vc aqui.
bjo,
Luciana Jaber.