Páginas

terça-feira, março 04, 2008

Antes do anoitecer



Foto: Graça Loureiro


Na hora mais bonita da tarde, estamos eu e você. Deitamos sobre os lençóis do tempo os nossos corpos acariciados pelo sol de outrora. Lá fora o mar explode em fúria e o horizonte, essa linha vertebral das águas, permanece imóvel e calmo.Nessa hora mais bonita da tarde eu sinto você respirar no meu pescoço enquanto teus dedos direitos entrelaçam os meus e a tua mão esquerda em concha veste um dos meus seios.E o coração repousa tranqüilo, sem sobressaltos, porque a nossa sede é delicada.Lá fora cristais de sal temperam o final do dia, aqui dentro, o perfume de um quase silêncio adoça o nosso cansaço.Nessa hora mais bonita da tarde, aqui dentro, adormecemos lentamente no encaixe mais perfeito enquanto, lá fora, estrelas começam a cair tão solitárias...

*

Marla de Queiroz

15 comentários:

Remo Saraiva disse...

Carregado de lirismo lascivo!

Bjs,
REMO.

Cacau disse...

estava com saudades...

bjs...

Anônimo disse...

Marla,

Você é o Sol!!!

Beijabraços e ótima semana. Muita luz e saúde.

Cássio Amaral.

Marcelo disse...

sweet dreams
Kisses

fabio jardim disse...

são linhas como essas, que falam sobre duas pessoas, que me fazem pensar que não há número maior que "2". creio que nem o infinito é maior que "2", assim bem juntinhos.

Lubi disse...

Hoje vim aqui porque precisava de um abraço seu.

Beijo.

Lubi disse...

Hoje vim aqui porque precisava de um abraço seu.

Beijo.

Mirian / Diana disse...

Liiiiiindo
adorei descobrir-te por aqui...
bjs

chapada 2007 disse...

oi Marla!
sabe que o cerrado sente muito sua falta.
eu estou querendo fazer um site para troca de coisas e preciso da sua ajuda para escrever sobre o que ele eh..
veja umas ideias...rs

sometimes i fell had enought
para quem ja tem tudo que precisa
e ao inves de comprar mais uma coisa,
pode trocar uma ou varias de suas coisas que estao encostadas,
paradas por ai,
por um tempo para experimentar ou por muito tempo para gastar bastante,
experimentarpor um tempo
precisar das coisas para uma acao especifica, um trabalho
entao eh so fotografar ou desenhar, ou descrever, ou usar um dos modelos genericos
oferecer, avaliar se vale a pena a troca,
e se comunicar

o que acha Marlinha

bjs Bruno.
nao sei porque mas achei sua cara e embora nao te veja a muito tempo depois que escrevi isto me lembrei de ti na hora,
vc conhece algum site assim?
o que acha da ideia

Paula Calixto disse...

A solidão é morada de quem não vive. E a vida de quem mergulha nesta.

Beijos e feliz 08 de março, flor.

Mamello disse...

Tua escrita desenha no ar a mais alta descritibilidade das sensações.

Parabéns!


Marcio.

Carol Montone disse...

que lindo! eu queria estar me sentindo assim agora...
beijos
saudades
desculpe pelo "bolo".....n�o sou t�o louca quanto pare�o..� que as vezes tudo se complica de repente...outras festas vir�o e por favor aceite meus convites para pois sou sua f� incondicional beijossssss
Carol Montone

Patti disse...

jeito tão delicado e belo de escrever ...próprio das almas sensíveis e belas!!!

Parabéns

Pattricia

www.pattricia33.zip.net

Clóvis disse...

Marla e os seus textos-imagens que nos mostram tanto, e desvendam todas as entrelinhas, as tornam latentes, palpáveis.

Lindo-Lindo!


Beijos, moça bonita.

Iara disse...

Amei esse texto. Muito sensível.Sutil.