Páginas

sexta-feira, dezembro 28, 2007

Porque hoje é meu aniversário e eu completo 1.536 luas de existência...

Foto: Eu mesma por Marco Teobaldo

Sou o resultado desses amigos que tenho e do que recebo diariamente de afago, cuidado e demonstrações de afeto. É disso que sou feita: de um bocado de tanto amor.Sou resultado desses encontros, dessa magia que é meu cotidiano. Dessa minha negociação com a meteorologia pra fazer uma festa na praia e ter de presente uma lua imensa, incrível e pessoas lindas que apreciam a arte, que adoram compartilhar. Sou a protegida pelos meus Orixás. Sou minhas Meninas, meus Caboclos, meus Pajés. (SOU!) .Sou eu mesma essa gota, esse grão, uma obra eternamente inacabada: tudo é uma possibilidade de melhora, de mudança, de lapidação. Sou como as pessoas que me cercam, como essa gente que quer mudar a si mesmo pra que o mundo vibre numa freqüência mais saudável. Gente que presta atenção naquilo que não conhece porque abraça a novidade com a sabedoria de quem nunca vai querer parar de aprender: da teoria intelectual mais complexa à maneira mais criativa de improvisar um cinzeiro.Eu sou essa gente que se dói inteira porque não vive só na superfície das coisas. E que, por conviver mais profundamente com as angústias, são os primeiros a experimentar o êxtase de um dia de sol ou de chuva, de qualquer coisa aparentemente simples. Gente que sabe que viver com simplicidade é a coisa mais complexa que existe... e a mais sábia.
Eu posso ser qualquer coisa que me digam que eu seja porque assim me vêem, porque também sei que tudo é transitório, que tudo é movimento e possibilidade de alguma coisa. Estou apta para me deixar interpretar, mas não para rótulos. Qualquer pessoa que me pense algo, por pensar já perde qualquer coisa que me congele numa imagem... Mesmo quando dizem: tu és poeta. Poesia é fluidez.Sou o que estou e, isto sim, é perpétuo.

Talvez eu seja uma escolha quando todos os caminhos resolveram mudar de lugar só porque ela já foi feita...Mas eu celebro o mistério.
*
*
Marla de Queiroz

12 comentários:

Keila Sgobi disse...

Nunca vi alguém se definir com tanta certeza certeira.

É coisa de gente madura que se entende, que entende o mundo e seu funcionamento louco.

É coisa de gente que, sabendo de tudo isso, se mobiliza e transforma.

Fada. Varinha de condão. Chuva na seca. Vida desfigurada.

Nada nunca é o mesmo. Mas todos os dias são seus porque você os faz assim!

É felicidade que brota de amor!

Que ela continue brotando, sendo semeada e reflorestando o mundo!

Grande beijo, linda!

poeta matematico disse...

Ahn...

Conhecer-se é o primeiro passo para admirar-se...

parabéns, guapa..

Quem sabeum dia eu escrevo uma canção pra vc?

Thiago Forrest Gump disse...

Você escreve divinamente.

gdec disse...

Tenho vindo aqui, poucas vezes é verdade, mas mesmo nessas poucas não tenho dito nada . E porquê?
Talvez porque V. já sabe o que lhe posso dizer. Que escreve muito bem e vê até ao sonho . Ou serão estas duas coisas apenas uma só ?
seu
Geraldes de Carvalho

Lubi disse...

Doce. Uma definição perfeita de si mesma.
E eu sei sem precisar te ver.

Um beijo.

Um ótimo ano.

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Carol Montone disse...

"Sou o que estou"....Marla ..vc não cabe mesmo em uma palavra...ainda que esta seja encantadora..
muitos beijos
felicidades
um 2008 repleto de tudo que te complete e contemple..
Carol Montone

Bb disse...

Marla, milhões de felicidades a você.
Que a poesia seja sempre sua maior companheira e que vocês duas, continuem assim de mãos dadas.

Feliz 2008!


:o)

máscarasdomundo disse...

Olá! Entrei no seu blog pelo blog do Alan (Minuto que corre). Muito prazer!

Achei interessante essa virada de olhos.

Quando tento fazer isso comigo vejo o escuro. Até ouço voz de criança e quando a imagem vem à minha mente é tudo muito fantástico.

Enfim...

Muito prazer. Espero acompanhar sua trilha de palavras.

Su disse...

:) deslumbrante como sempre, essa tua capacidade profundo e lindo continua a surpreender!
Por isso e por tudo:
Beijo de parabéns!

Feliz 2008!

Aguiar disse...

impressionante, como me revejo em seu poema! felicidades. um mundo de :)

clarissa disse...

Eita que vc tá é bonita nesta foto, mulher.