Páginas

quarta-feira, junho 13, 2007

Sobre o amor

Foto: Maria Flores
*
Amar você é ter vontade de ir a lugares que não conheço e me expor de um jeito que me ilumina. É transgredir a ordem das coisas, transmutar medos antigos e cantarolar canções novas.Amar você é passear por entre haicais, sonetos e trovas.

Amar você é descobrir que alguns mergulhos são desnecessários, que algumas coisas existem para se conhecer só na superfície, dispensando dicionários, porque elas são simplesmente aquela estrada rasa feita pra se caminhar por cima e a esmo.É eu saber teu colo e você a minha mão quente. É esse nosso afago relembrar a euforia das paixões adolescentes. É poder ouvir exatamente o que foi dito sem procurar uma mensagem oculta, uma palavra mágica dissolvida no contexto ou outros indícios. É respeitar tuas vontades, tua inconstância, tuas dificuldades. É saber que uma meia-verdade pode ser a verdade mais sincera de cada um...

Amar você é também mergulhar nos meus textos, e ficar submersa observando as coisas por dentro porque a densidade delas é o essencial, é o meu centro. É entender tuas limitações porque me olho e vejo as minhas, é conceber minhas mudanças porque também vejo as tuas. É não deixar que nada corrompa nossas essências, porque nos queremos melhorar para o mundo, porque queremos embelezar nosso universo, porque queremos ser além das aparências. É saber que cada passo que dou será na direção que escolhi e que só terei o conforto da sua companhia se, por acaso, quiser seguir o mesmo rumo. Porque somos unos, múltiplos, imensos, nunca os mesmos, sempre os únicos, os mais intensos.
É encontrar leveza nas emoções que nos transbordaram porque estávamos prontos. É escrever um dicionário de palavras distraídas. E adentrar o corpo de um poema recente, ainda disforme. É falar de amor usando a metáfora mais inocente. É também experimentar a simplicidade com que tudo pode ser vivido, até àquela hora em que o desejo dorme. É vir à tona e, sem sustos, te deixar ser e me vir refletida, pedra bruta antes de ser polida, até a hora da próxima fome.
Amar você é amar aquilo que, de outra forma, jamais faria sentido: é abraçar teu passado, teus traumas, teus vazios, tuas confusões e angústias existenciais como quem abraça a um amigo.
É agradecer profundamente, ao acordar, por esta pessoa inteira, que jamais será uma metade e que me escolheu para a soma, e que com todas as alternativas que teve, preferiu seguir comigo.
(Amar você me fortalece.)
*
*
*
Marla de Queiroz

24 comentários:

Rayanne disse...

Urgência ardida de saber de ti.

Ardida mesmo.

Amor muito.

***Estrelas***

Clóvis disse...

...e ela tem este poder de desempoeirar sentimentos já esquecidos aqui dentro, e ir lá no fundo de cada um deles, enumerando sensações e reacendendo chamas.


Marla, sua linda.


Meu beijo admirado.

Keila Sgobi disse...

Me diz
como é que junta tudo, tudo tudo tudo, coloca no papel e faz este tudo, tudo tudo, ter sentido?

Como junta sentimentos em palavras simples e constrói o que não é possível construir
e diz o que é impossível dizer
e mostra o que todos têm medo de ver?

Tenho muuuuuito a aprender!

Amei reler você!

beijos!

Anônimo disse...

Menina,
Vc é incrível, INCRÍVEL!!!!!!
Nunca eu conseguiria resumir tanta coisa importante numa relação num texto tão completo e tão bonito e tão gostoso de ler...
Parabéns.
Sou teu fã!!!Fãzão!

Beijos, menina linda das palavras mágicas.Ainda te escrevo um poema. Vc merece essa tentativa quase impossível.

Ah, te conheci através de várias indicações de amigas que suspiram com a tua existência e com cada frase que vc escreve. Agora eu as entendo.

Daniel.

Élcio disse...

Quem há de duvidar ser o amor a fonte geradora da felicidade?
Amar é estar em estado de graça, contagiar pessoas, afinal o amor se dilata em nós, por nós, para os outros.

É isso ai.
Adorei seu texto.
Bjs

Extremely Fashion disse...

Descobri seu site agora, amei!
Show total.
bjs

Mônica Montone disse...

Amo as fotos da Maria Flores :o)..... Já usei essa, inclusive, rsrsrs*

Depois volto para ler com calma, flor, por ora digo apenas que tem um prêmio para você lá no canteiro Fina Flor. Passe por lá quando der.

beijocas

MM

Cássia disse...

Falar de amor assim, ah!, eu nem preciso repetir que não é para qualquer um, não é? E esse finalzinho, "pessoa inteira" (nada de metades que se encontram e se atormentam!), "preferiu seguir comigo" (se todos soubessem que amor é escolha), nossa. Linda você, porque não saberia como ser diferente. Como eu amo o que você escreve, flor encantadora. :oD

Ah, sim, e essa foto... Barbaridade!

Beijos com amor.

Scarlat disse...

nuss...tanto sentimento ...
comfesso que meu coração transbordava.
transbordou...
mt intenso ...
adoru passar aki por isso
vc consegue colocar em palavras tudo q se sente..
adoru ler-te sempre

sucessooo!!

Moacy Cirne disse...

Minha cara: Tomei a liberdade de recorrer o seu ótimo blogue (descoberta recente) para atualizar o o meu blogue do Poema/Processo. Abraços.

Malu disse...

Lindo, lindo, liiiindo texto.
Adorei. O texto e o blog.
Acho q vou ser presença frequente por aqui agora.

Bjs

diovvani mendonça disse...

Palavras arejadas e saudáveis como essas, me fazem pensar, o que sempre pensei de você: uma mulher inteira e pronta para o amor. AbraçoDasMontanhas.

Lubi disse...

Deus, é preciso alguma palavra quando existe o amor?

monika disse...

Lindo, tocante e me chorar ,sabia? Muito...

Bjs linda!

Mônica Montone disse...

É bom demais ter alguém para amar assim, né?

beijos, querida e bom fim de semana

MM

Antônio Alves disse...

Ah, o amor, sempre sugando tudo o que há de bom em nós. Um texto sincero e repleto de bom senso. Há braços!


Antônio Alves
No Passeio Público
Postagens às quartas e domingos

Alê Namastê disse...

Mais vida aos amores com todos os seus sabores.
Beijos*

moacircaetano disse...

que lindo, que lindo, que lindo...

arteimitavida disse...

Uma vez amei assim... Fui tão feliz!!! (talvez ainda ame...)

lindo texto!!!

Achei seu blog por outro e que surpresa boa!


bjus

camila disse...

um mundo de amor você tem aí dentro! que ele se derrame sempre, lindo assim.

Elenita disse...

chorando, chorando...

Anônimo disse...

Meu Deus! Como vc escreve bem, simplesmente fotografa minha alma! A cada frase, suspiros!

regiane disse...

Belíssimas palavras... amei...

Anônimo disse...

Amar você é AMAR VOCÊ!


Bjs
Ana