Páginas

sexta-feira, maio 12, 2006

Onírico

Maria Júlia [Maju]
fome e vento sacodem,
sede e fogo me queimam
e eu nado no nada
da tua ausência
_cabeça aérea_
querência
de tuas mãos
etéreas
(e e-ternas.)
Foto: Helena

Você apareceu dentro do meu sonho como a única coisa que compunha aquela estrada tão deserta de tudo... Você me disse solene: “Às vezes, meu amor, um raio de sol é suficiente pra iluminar uma alegria inteira...E as noites de lua cheia nada mais são que dias embrulhados em papel de seda azul...”
*
*
*
( Final-de-semana cheio de propostas incandescentes...Ainda por cima tem essa Lua Cheia deixando loucos todos os meus hormônios sãos...Isso não vai prestar!)
*
(Marla de Queiroz)


8 comentários:

A. Jacú! disse...

vamos marcar?

Jan disse...

então tudo promete! Beijo!

Su disse...

como foi? como foi?

já ganhas-te o presente?

quê este silencio mulher?

mostra-te!

eu... cá to... foi um fds d casa e descanço... hoje muito muito stress, muito muito trabalho! já to a precisar de fds de novo!
:)
beijo-te grande

Anônimo disse...

Great site lots of usefull infomation here.
»

Anônimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»

Anônimo disse...

What a great site
» » »

Anônimo disse...

best regards, nice info »

Anônimo disse...

This is very interesting site... »