Páginas

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

O Lápis


O LÁPIS

É por demais de grande a natureza de Deus.
Eu queria fazer para mim uma naturezinha
particular.
Tão pequena que coubesse na ponta do meu
lápis.
Fosse ela, quem me dera, só do tamanho do
meu quintal.
No quintal ia nascer um pé de tamarino apenas
para uso dos passarinhos.
E que as manhãs elaborassem outras aves para
compor o azul do céu.
E se não fosse pedir demais eu queria que no
fundo corresse um rio.
Na verdade na verdade a coisa mais importante
que eu desejava era o rio.
No rio eu e a nossa turma, a gente iria todo
dia jogar cangapé nas águas correntes.
Essa, eu penso, é que seria a minha naturezinha
particular:
Até onde o meu pequeno lápis poderia alcançar.

(Manoel de Barros_ "Poemas Rupestres")

5 comentários:

n00bified disse...

Hi! Nice blog you have here! :)

Would you please visit mine?

Click

Jan disse...

E aí? Enfim, não escrevo tanto, todavia, poemas rupestres não são lá minha preferência..de qualquer forma, lembrei de "Neguinho" de José Lins do Rêgo...beija!

Anônimo disse...

Hi! Just want to say what a nice site. Bye, see you soon.
»

Anônimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anônimo disse...

Very nice site! Horny asian men Financial advisor inadequate disclosure scenario matrix online payments Off shore tramadol Poker games free texas hold em internet poker tiny asian girls http://www.bondagecomics.info/asian-in-stockings.html generic viagra tablet ultram Asian massage parlors in los angeles